terça-feira, 16 de abril de 2013

Brincar e desenhar AMARELINHA

No livro, Brincadeiras infantis nas aulas de Matemática, as autoras sugerem que após as crianças terem brincado várias vezes de amarelinha, você, professor (a) da Educação Infantil ou séries iniciais do Ensino Fundamental, planeje atividades nas quais elas possam desenhar por diversas vezes as suas vivências durante a brincadeira. Segundo as autoras, se as crianças tiverem oportunidade de conversar sobre a brincadeira e produzir seus próprios registros pictóricos será possível observar o quanto esses registros evoluem. Ao registrar o que vivenciou na brincadeira, a criança amplia a noção de espaço e a sua consciência corporal.


Smole, Diniz e Cândido (2010, p.27), sugerem que ao desenharem as crianças possam ter espaço para expor suas produções, conversar sobre elas, observar e comparar os desenhos uns com os outros, desta forma, as autoras acreditam que tal procedimento contribui para que a criança evolua em suas percepções e sua representação, pois:

À medida que se oferece à criança a oportunidade de representar pictoricamente suas vivências e compartilhar os registros entre seus pares, parece que começa a perceber a necessidade de caminhar para traços mais precisos, mais sofisticados. [Além disso], esse processo de tentar encontrar uma maneira mais precisa e prática de representação será importante para a posterior elaboração e compreensão da linguagem matemática (2010, p.18).

Agora, que tal propor às crianças de sua turma que desenhem a brincadeira da amarelinha,
 conforme o que vivenciaram? Clique aqui e veja a dica de atividade de registro.

FONTE: Smole, Kátia Stocco. Diniz, Maria Ignez de Souza Vieira. Cândido, Patrícia Terezinha. Brincadeiras infantis nas aulas de matemática. Porto Alegre, Artmed, 2010

2 comentários:

Profª Marili Alves disse...

AMEI SEU BLOG... ESTAREI TE SEGUINDO A PARTIR DE HOJE. ABRAÇO E PARABÉNS!

eliane monica maria lúcia disse...

Olá Marili, que bom que tenha gostado esperamos que estar contribuindo para sua prática. Fique a vontade para compartilhar suas práticas,dúvidas e sugestões.

Obrigada;
Equipe Crinfancia